sala de aula

do professor

Olá Professores, está é a sala de aula a qual você deverá utilizar para se preparar para utilizar todo o potencial do modelo didático da Openrobotics.

Aqui você encontra diversos materiais  que podem ser utilizados durante as aulas.

Objetivos deste módulo

Neste módulo você terá acesso a materiais e aulas que apenas os professores deveram acessar.

Não compartilhe a sua senha, e sempre dê uma passadinha neste endereço para se atualizar ou ver as novidades que sempre serão colocadas nesta página.

Conhecendo o Kit Inventor

O Kit Inventor será muito utilizado deste o primeiro ano do fundamental 1 até o 7o. ano do fundamental 2. Portanto é muito importante que você domine a instalação e programação deste kit.

Abaixo temos o link para uma sala de aula no Google Class com tudo que você vai precisar para dominar esse kit.

Conhecendo a placa Arduino e o TinkerCad

A placa Arduino é fundamental para as aulas do 8o. e 9o. anos.

Quando você utiliza o kit Inventor na verdade já está utilizando uma CPU Arduinoo, porém, os alunos dos anos finais utilizam o Arduino de uma forma mais avançada.

Para conhecer melhor sobre a placa Arduino, faça o módulo de nivelamento que trata sobre a placa Arduino e o simulador TinkerCad.

Materiais e links úteis

FUNDAMENTAL 1

Os alunos do fundamental 1 serão apresentados a um conteúdo rico em tecnologia, mas também conectado com os conhecimentos que ele precisa adquirir, e que fazem parte da BNCC.

As aulas do fundamental 1 integram Ciência, Arte, Tecnologia, Pensamento computacional e Robótica

É importante destacar que essa turminha já conhece muito de tecnologia, porém, sempre olham para ela pensando em entretenimento, jogos, aventuras divertidas.

Chegou a hora deles entenderem que a tecnologia é, primeiramente, uma inesgotável fonte de criatividade.

Objetivos do aprendizado

  • Trabalho em equipe

  • Habilidades manuais

  • Habilidades artísticas

  • Iniciação a programação

  • Iniciação ao uso de dispositivos eletrônicos

  • Utilização de computadores

  • Desenvolvimento do raciocínio logico

Lista de materiais necessários

Durantes as aulas serão necessários alguns materiais para consumo dos alunos. O ideal é providencia-los previamente e deixa-los dispoíveis para os alunos.

  • Cola branca

  • Fita adesiva crepe branca

  • Lápis de cor aquarelável

  • Caneta hidrográfica 12 cores

  • Fita Dupla Face Espuma

  • Pastilha de ímã

  • Bola de ping pong

  • Papel A4

  • Tesoura sem ponta

  • Papel Vegetal

  • Bola de gude

  • Elástico Látex (Gominha)

  • Roda Boba N20 Robot Caster Esfera

  • Bolinha de isopor

  • Canudo de milkshake

Ritmo das aulas presenciais

As aulas presenciais do Fundamental 1 envolvem sempre 5 etapas:

  1. Apresentação dos conceitos envolvidos

  2. Montagem da estrutura e parte artistica

  3. Apresentação da parte eletrônica

  4. Apresentação dos aspectos de programação

  5. Apresentação de novas dinâmicas conforme o pergil da turma

Ensino interdisciplinar

Todas as aulas foram pensadas para se encaixar na BNCC do ano em questão. Seria desejável (em certos casos, imprescindível) que as aulas de tecnologia sejam associadas ao ritmo das aulas do currículo comum.

Isso irá permitir, por exemplo, que uma determinada aula de tecnologia será aplicada em função do que o aluno viu ou irá ver na disciplina curricular.

Situação ensino hibrido:

Atualmente temos uma situação que se apresenta como uma nova tendência no ensino que é a questão do ensino hibrido.

O aluno poderá fazer as montagens, e também resolver os exercícios do livro.

O professor deverá apresentar a montagem (em uma aula ao vivo) e mostrar como o aluno deve proceder a montagem. 

Programas prontos

Caso você não va apresentar a programação com o PlayGo para os alunos, poderá fazer uso dos programas prontos em Arduino, para carrega-los antes das aulas.

6o. ANO

As aulas do sexto ano envolvem eletrônica analógica e montagem de estruturas com o kit Inventor.

Objetivos do aprendizado

  • Trabalho em equipe

  • Habilidades manuais

  • Iniciação a programação

  • Iniciação ao uso de dispositivos eletrônicos

  • Utilização de computadores

  • Desenvolvimento do raciocínio logico

  • Montagem de estrutuas funcionais

Ritmo das aulas presenciais

Em todas as aulas deverão ser criadas equipes (as equipes podem ser permanentes) com 4 integrantes no máximo.

Dentro da equipe devemos ter 2 integrantes na programação e 2 integrantes na parte de montagem da estrutura.

  1. Inicie as aulas apresentando a parte conceitual. Nesta etapa os alunos podem desenvolver algum tipo de conteúdo além do que está no material didático.

  2. Separe o material que será utilizado durante a aula

  3. O lider da equipe deve ser o responsável pelo material, incluindo guarda-lo ao final da aula

  4. Apresente a programação para todos os alunos

  5. Apresente a estrutura desejável para todos os alunos

  6. Os alunos deverão iniciar a montagem

  7. Os alunos devem iniciar a programação

  8. Quando as duplas terminarem, elas deverão colocar a estrutura para funcionar.

Observações:

  1. Pode acontecer de uma equipe não terminar a montagem. Você deverá ter um espaço para armazenar no ponto onde parou e continuar na proxima aula.

  2. Pode ser que alguns alunos sigam um caminho diferente do proposto, mas que consigam atingir os objetivos de aprendizagem. Isso pode ser estimulado em determinadas equipes

  3. Sempre faça uma conferência da funcionalidade do material antes de iniciar a aula

Situação ensino hibrido:

Os alunos do 6o. ano possuem o material de eletrônica maker para ser utilizado na escola ou em casa. Todas as aulas deste material está gravado e disponível para os alunos.

7o. ANO

As aulas do sétimo ano envolvem o projeto e a impressão de elementos em 3D. Ou seja, é importante que ele seja estimulado a ter uma visão espacial dos objetos, e que começe a pensar em como poderá elaborar peças a serem impressas em uma impressora 3D.

A impressora 3D também poderá ser utilizada pelos demais professores, para impressão de projetos extras.

Objetivos do aprendizado

  • Trabalho em equipe

  • Habilidades com desenho

  • Programação de computadores

  • Iniciação a impressão de peças em 3D

  • Pensamento científico

  • Habilidade de ser avaliar e ser avaliado em seus projetos

  • Montagem de estruturas funcionais

Ritmo das aulas normais

Em todas as aulas deverão ser criadas equipes (as equipes podem ser permanentes) com 4 integrantes no máximo.

Dentro da equipe deverá haver uma divisão em duplas para trabalharem no computador.

A ideia aqui é que a equipe possa planejar, desenhar e depois escolher o melhor projeto da equipe para ser impresso.

  1. Inicie as aulas apresentando a parte conceitual. Nesta etapa os alunos podem desenvolver algum tipo de conteúdo além do que está no material didático.

  2. Separe o material que será utilizado durante a aula

  3. O lider da equipe deve ser o responsável pelo material, incluindo guarda-lo ao final da aula

  4. Apresente a programação para todos os alunos

  5. Apresente a estrutura desejável para todos os alunos

  6. Os alunos deverão iniciar a montagem

  7. Os alunos devem iniciar a programação

  8. Quando as duplas terminarem, elas deverão colocar a estrutura para funcionar.

Observações:

  1. Pode acontecer de uma equipe não terminar a montagem. Você deverá ter um espaço para armazenar no ponto onde parou e continuar na proxima aula.

  2. Pode ser que alguns alunos sigam um caminho diferente do proposto, mas que consigam atingir os objetivos de aprendizagem. Isso pode ser estimulado em determinadas equipes

  3. Sempre faça uma conferência da funcionalidade do material antes de iniciar a aula

Situação ensino hibrido:

Os alunos do 6o. ano possuem o material de eletrônica maker para ser utilizado na escola ou em casa. Todas as aulas deste material está gravado e disponível para os alunos.

8o. ANO

As aulas do 8o. ano envolvem eletrônica digital utilizando o simulador Tinkercad na forma híbrida, e também a programação e eletrônica com Arduino na forma presencial (duplas).

Para as aulas práticas, as turmas deverão ser separadas em duplas. 

Cada dupla terá o seu material de eletrônica que deverá ser utilizado durante o ano letivo, sendo eles responsáveis pela guarda e gestão das peças que la se encontram.

Objetivos do aprendizado

  • Trabalho em equipe

  • Habilidades com eletrônica

  • Programação de computadores

  • Utilização de simuladores

  • Pensamento científico

  • Gestão de materiais e recursos

  • Montagem de equipamentos eletrônicos

  • Compreensão de lógica

Ritmo das aulas normais

No início do ano letivo organize a sala em duplas, separando os materiais que eles irão utilizar durante todo o ano letivo.

Todas as aulas envolvem a montagem eletrônica e a programação de computadores, ou seja, a dupla poderá alternar entre eles, definindo quem irá programar e quem irá montar naquele dia.

Também será possível montar em uma aula e programar na próxima. Neste caso deverá haver na escola um local para armazenar esse material, etiquetado como nome dos alunos.

  1. Inicie as aulas apresentando a parte conceitual dos componentes que serão utilizado

  2. Separe o material específico daquela aula e explique cada componente.

  3. Um dos alunos da dupla realiza a montagem física

  4. O outro aluno da dupla realiza a parte de programação

  5. Apresente situações onde aquela montagem pode ser utilizada

  6. Os alunos deverão guardar os equipamentos de forma organizada ao final da aula

Observações:

  1. Pode acontecer de uma equipe não terminar a montagem. Você deverá ter um espaço para armazenar no ponto onde parou e continuar na próxima aula.

  2. Pode ser que alguns alunos tenham maior dificuldade em manusear as peças. 

  3. Sempre faça uma conferência da funcionalidade do material antes de iniciar a aula.

Situação ensino hibrido:

As aulas do módulo principal do 8o. ano precisa necessariamente de acontecer com o laboratório de tecnologia.

Porém, o material hibrido permite que ele receba muita informação sobre eletrônica e programação, utilizando o ambiente Virtual.

9o. ANO

As aulas do último ano do ensino fundamental parte do princípio de que os alunos já estão preparados para gerenciar um projeto de longo prazo, o qual leverá várias aulas e vários tipos de habilidades para serem concluídos.

Em geral são projetos que envolvem a sociedade, meio ambiente, inovação e gestão de projetos.

Eles podem (e devem) utilizar todos os recursos que julgarem necessários, incluindo a impressora 3D, o Arduino, a criação de aplilcativos, e tudo que julgarem necessário.

Os alunos do 9o. ano irão receber 1 robô para competição que deverá ocorrer em uma determinada data do ano letivo.

Todas as informações e regulamentos, incluindo a premiação e gestão da competição ficará a cargo da Openrobotics. O professor deverá acompanhar e estimular as equipes, sendo o responsável pera realização no dia do evento.

É importante que a equipe participe de todo o evento, não apenas competindo, mas também divulgando, organizando, preparando o ambiente, e realizando demais ações para que o evento aconteça da melhor forma. 

Objetivos do aprendizado

  • Trabalho em equipe

  • Design Think

  • Programação de computadores

  • Gestão de projetos

  • Pensamento crítico

  • Habilidade de ser avaliar e ser avaliado em seus projetos

  • Compromisso com a sociedade

  • Compromisso com o meio ambiente

Ritmo das aulas normais

Em todas as aulas deverão ser criadas equipes (as equipes podem ser permanentes) com 4 a 5 integrantes no máximo.

O roteiro do livro didático explica detalhadamente tudo o que deve acontecer durante o ano letivo.

É importante que eles tenham contato tanto com o projeto quanto com a competição de robótica, o que poderá acontecer de forma alternada (Uma semana com aula de projeto, outra semana com aula de competição)

É desejável que os próprios alunos façam esse planejamento, conforme o andamento do projeto e da competição.

Próximo a data da competição você poderá dar um tempo maior para que eles se preparem.

Os projetos podem ser apresentados para a comunidade acadêmica, ou também para convidados externo à instituição.

Observações:

  1. O projeto em geral tem longa duração, portanto, é muito importante ter um espaço para que os alunos possam armazenar os equipamentos e recursos que forem utilizar

  2. Pode ser que alguns alunos sigam um caminho diferente do proposto, mas que consigam atingir os objetivos de aprendizagem. Isso pode ser estimulado em determinadas equipes

  3. Todas as lições e sequencias do material didático devem ser seguidas pelos alunos. Eles precisam se acostumar com a sequencia para resolução de problemas complexos.

Modelo para condução dos projetos

Abaixo detalhamos as etapas para construção do projeto da horta com irrigação automática. Ele servirá de modelo para os demais projetos.